História

Grande Guerra, Angola, Moçambique e Flandres, de Aniceto Afonso

Grande Guerra, Angola, Moçambique e Flandres

   Autor: Aniceto Afonso

   Edição: Quidnovi / 2008

   Estado: Novo

   Preço: 9 Euros

 

 

Guerra da liberdade ou guerra da pátria, a verdade é que todos pensaram a guerra como uma acção rápida, fulminante, com a ideia de ‘passar o Natal em casa’. Contudo, não fosse o Armistício ter sido assinado em 11 de Novembro de 1918, e as tropas teriam passado cinco natais nas trincheiras.
Portugal deixou nos campos de batalha mais de oito mil mortos e mobilizou mais de cem mil homens.
Resultados?
A guerra não desatou o nó górdio. Também não foi a última das guerras. O mundo novo tão prometido não passou de uma grande ilusão. Os povos europeus, destroçados, embora despertos para novos horizontes, foram-se erguendo sobre os seus mortos, os seus inválidos, feridos para sempre, feridos profundamente. Capazes de se poderem levantar sobre os escombros ou de mergulharem em ajustes de contas.

Tagged

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *